Dicas

Dicas para exibir os desenhos das crianças em casa

Fonte: Casa Vogue

Arte Infantil (Foto: reprodução)

Já está no lucro quem tem crianças em casa e não tem as paredes todas rabiscadas nos locais mais impróprios. Como incentivo, vale dispor as “obras de arte” com a devida pompa e circunstância. Aqui vão algumas ideias para valorizar os desenhos e pinturas da criançada, dando um toque irreverente à decoração.

1. Quadro clássico na parede

No apartamento da cineasta parisiense Julie Arrue, a pintura de sua filha ganha um ar imponente quando colocada dentro de uma moldura rococó.

Arte Infantil (Foto: reprodução)

2. Anarquia

Esta sugestão é boa para ambientes como a brinquedoteca, ou o próprio quarto das crianças. Os desenhos e pinturas são dispostos à vontade nas paredes, juntamente com fotografias e recortes.

Arte Infantil (Foto: reprodução)

3. Decorando o mini home office

Aos adeptos dos quartos montessorianos (que, entre seus princípios, pregam o uso de móveis adequados ao tamanho das crianças), e para quem posicionou a escrivaninha rente à parede.

Arte Infantil (Foto: reprodução)

4. Atrás da porta

Neste apartamento no Brooklyn, Nova York, a designer gráfica Jill Saunders expõe a discreta galeria de desenhos de seu filho de dois anos e meio de um modo que não interfere muito na decoração da casa. Aqui, a dica é usar pintura magnética para poder fixar os desenhos com ímãs.

Arte Infantil (Foto: reprodução)

5. A união faz a força

Aqui, no apartamento de Zoe van de Wiele, em Nova York, a quantidade faz de desenhos infantis esparsos um conjunto harmônico. Tudo começou quando uma babá colou dois desenhos na parede, e ela nunca mais voltou a ser a mesma.

Arte Infantil (Foto: reprodução)

6. Risque e rabisque

A designer Lindsey Smith, nesta casa na Louisiana, pintou uma parede com tinta lousa para abrigar os desenhos do filho Oliver. Nessa, pode rabiscar!

Arte Infantil (Foto: reprodução)